Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



sábado, 6 de fevereiro de 2010


Das prisões


Enclausura-se o homem
Em suas incalculáveis prisões
Construídas por ele mesmo!
Preso em cárcere
De seu próprio cunho
Terce-se uma camisa de força
Que o abraça impiedosamente...
Alimentado por ele
Seus próprios inimigos carnífices
Nutrem-se de suas fraquezas,
Proliferam seus algozes
E crescem com mimosas pompas
Todos seus inimigos por vós mesmos amanhado,
Para devorá-lo!

.
Marluce Freire Nascasbez



Nenhum comentário:

Postar um comentário