Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



segunda-feira, 31 de maio de 2010

Arcano

.
.


.
Quero Estar Para sempre SUA Vida em,
.
Nem Que Seja simples de trocar Num Olhar !
Só Ele ,
Sabe da Existência de Dois NÓS !
.
.
Marluce Freire Nascasbez


 

Recôndito

.
.
.
.

.
.
.


Há uma menina que me persegue,
Que me olha entre barreiras...


Sei que ela sempre vai estar ali junto de mim,
(Nunca vai crescer...)

Quase nunca a encaro,
Mas nunca a ignoro!


E olhá-la nos olhos,
 Ofusca-me a vista,
.
.
Doe-me o âmago...
.
.
...magoa-me a cicatriz...
.
.
.
...arrebenta-me novas feridas...
.
.
.
Para ela todo o mimo é pouco,
Pois ela é uma menina que sofreu,
Abandonei-a na estrada da vida,
Ela é órfão de meu amor,
Essa menina sou eu!

Que me persegue,
Que me olha entre barreiras,
Que não consigo olhá-la nos olhos sem estraçalhar-me por dentro!
.
.
.
( DEDICO  A UMA VÍTIMA "DA VIOLÊNCIA QUE  CONDENA O HOMEM  A CÁRCERES ETERNOS"! / ELA FOI MINHA INSPIRAÇÃO PARA ESSE POEMA _  DEPOIMENTO!).
         ( Vítima da violência familiar )
.
Marluce Freire Nascasbez
.
.



sexta-feira, 21 de maio de 2010

in memorian

.
.
.
.


À minha mãe
.
.


Uma prece



No altar de Nossa Senhora,
Joana  joelha-se,
.
Seus lábios sussurram
Uma prece,
.

Silêncio!


Os pássaros também querem ouvi-la!



Marluce Freire Nascasbez
.
.

O recado de Deus

.
.
.
.
.
O recado de Deus
.
.


 Como é possível


A vida prosseguir


E o sol nascer tão lindo


Depois de ter morrido


Uma mãe,


Em pleno mês de Maria!
.




Talvez seja Deus


Dizendo-me:



.

Outras mães estão nascendo...








Marluce Freire Nascasbez

.
.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Foto: Marluce Freire Nascasbez
.
.
.
As flores de plástico


.


Dormem em um canto da sala
As flores de plástico!
.

Seja noite,
Seja dia,
Elas dormem... ...nunca acordam!
.


Nem meus pesados olhos pousados em suas pétalas
Interrompem seu sono...
.

E as flores mortas,
Irreais!?
(independentemente "do frio, do calor"),
Têm vida
Na sala!
.

Umas flores imortais
Que vencem os dias,
Que vencem as noites
E vivem nas carnes mortas do plástico,


.
Sem sementes...








.
Marluce Freire Nascasbez
.


sexta-feira, 7 de maio de 2010

.
.
Foto: Marluce Freire Nascasbez


.
Rogos de uma mãe


Uma mãe é viver sempre orar!

                                     A pedir a Deus:

                                    Cuida de meu filho

                                     Meu bom Senhor!
                                    
                                    Senhor,

                                   Ampare-o,

                                   Para que ele não seja vítima do mal,

                                  Nem vitime ninguém!

                                 Que eu tenha o privilégio,

                                 De sempre Te agradecer:

                                 Obrigado Senhor,

                                Por eu ter em minhas mãos

                               A confiança

                               De guiar na vida, um filho Teu,

                               Amá-lo, tanto quanto

                              Vós o amais!

.
                              Meu filho,

                             É um homem

                             Mas para toda mãe

                            O homem é um menino crescido,

                            Que por mais forte que seja,

                            Sente-se protegido

                           Nos braços frágeis

                           De uma MULHER,

                          Chamada de MÃE!


                          E é essa mulher quem faz o homem!




Marluce Freire Nascasbez
.
                                           Súplica de mãe!

                            
                         Foto: Marluce Freire Nascasbez



Senhor,

Quando meu filho

Estiver sozinho,

Sem à minha proteção de mãe,

Terá unicamente à Tua!
.

Quando longe de meu afago,

Peço-Te humildemente:

Cuida dele Meu Senhor,

Acolhe-o em Teu colo Santo,

Nina-o em Teus braços Sagrados

Quando ele sentir falta dos meus...

Quando ele nesse mundo,

Não puder mais contar com eles...

.

Cura-o das dores que

Afligem os homens...

Preenche o coração dele

Com Tua Luz Divina!


Que o anjo de guarda dele,

Tenha o coração

De uma Mãe!
.

É doloroso estar distante do filho,

Ele chorar

E a mãe não estar por perto!

E por estar distante,

A mãe só se estertorar

Por não atender o chamado

Do filho

Que clama pela mãe!


.
Mãe,

Mãe está ali,

Sempre forte

Por mais frágil que seja!

Por mais longe do filho

Que esteja,

Ela está a ele entrelaçada

Por uma ligação divina,

Que nada nesse mundo

Desfaz!


.
Marluce Freire Nascasbez
.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Lendo os destinos...

.
.
.
.
                      




             Foto: Marluce Freire Nascasbez
.
.
                       


           

       

segunda-feira, 3 de maio de 2010

.
.



.
.
.


Foto: Marluce Freire Nascasbez
.
.