Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



quarta-feira, 24 de março de 2010



.
.


.

Porta







Por trás da porta,


Tranco o mundo lá fora...











Marluce Freire Nascasbez
.
.
.
.
Lembrança



Lembrança é assim,

Parece rosa desfalecida... indefesa...

Fingida de morta!


Mas em um toque,

Há perfume que exala adormecido das pétalas já vividas,

E um espinho morto que fere!




Marluce Freire Nascasbez
.
Borboleta




Em tuas asas tão pequeninas


Voam tantos sonhos meus...

Mesmo que não permitas

Pego carona em ti,

Perambulo aqui e ali...

Vejo-te

E sinto-me tão igual a ti

Voando os pensamentos meus...

Tão leves, somem ao espaço junto a ti!

Outros nem tanto,

Não tem abrigo em ti!

Tens uma beleza ímpar,

Próxima à luz!

Tua fragilidade,

A parecença com a liberdade!

Tu voas aqui e ali

E depois,

Junto a mim!

Nesses versos,

Que te cabem!

És pequenina,

Fecha tuas asinhas!

Caberás

Aqui!

Ficas presa a mim,

Assim também, a liberdade,

Borboleta!

.
.
Marluce Freire Nascasbez

.


Ser poeta
É  pôr com sutileza

O sol,

A lua,

A rua,
E um grito de dor, no papel!
E dele ganhar o sustento,
O alento
Para sobreviver!

Marluce Freire Nascasbez
.

terça-feira, 16 de março de 2010

.
Há dias que precisamos


 De luz
Para nossa alma na sombra,

Na dor,
Na saudade,
No medo,
Na angústia,
.
Nas inquietudes da alma,
Nos horrores da vida,
Que flagelam o homem,

Que torna uma pequena folha,

numa grande sombra!





.
Marluce Freire Nascasbez
.
.
.
Há dias que escrevemos versos
A golpe de navalha,
Extraindo dores da alma...


Marluce Freire Nascasbez
Lua





É mais leve que a pluma,
E tão bela quanto uma estrela!
Tão pesada
Em suas fases
Perturbadas...
Embaraças o mundo!
Atingindo o meu!
Ou será
Que sou eu?
Tão leve,
Menos que a pluma!
Tão bela quanto uma estrela?
Tão pesada
Em minhas fases
Perturbadas...
Embaraçando o mundo!
Atingindo
O teu mundo
Lua?

.
Marluce Freire Nascasbez
.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Viver sem Deus é estar de olhos abertos no escuro!

Marluce Freire Nascasbez
.

segunda-feira, 8 de março de 2010

 08 DE MARÇO DIA INTERNACIONAL DA MULHER





Parabéns a todas as mulheres,que fazem o mundo girar com mais precisão!


.
Marluce Freire Nascasbez

sexta-feira, 5 de março de 2010

.
.
Há dias em que o mundo cabe na palma de nossa mão,
Há outros que não cabemos dentro dele...
.
.

terça-feira, 2 de março de 2010

Despedida





Eu não gosto de despedida,
Não sei o porquê
Que no instante
Que se faz o momento
De separar,
Sinto-me igual,
Partida!

Tão separada,
Tão dividida,
E repartida
Dentro de mim mesma!

Um pedaço de mim
Que fica,
Entrelaça-se ao que vai
Querendo com o outro ir,
Acompanhar por inteira
Quem parte!



Pois ficar é sentir o romper à alma,
Eclodir o ser!
Deixar em farrapos
Quem fica,
Ao ver o outro ir!

E quando chegar o momento
E tu tiveres que ir
E eu não estiver aqui
Para vê-lo partir
É que me antecipei,
Parti!
Eu não gosto de
Despedida!
                                                                                                  
                                                                                                          

Marluce Freire do Nascasbez