Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



domingo, 30 de agosto de 2009

.

"As produções de todas as artes são tipos de poesias e seus artesãos são todos poetas."
(Platão)
.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Invadida pela tristeza...

.

.


Invadida pela tristeza,
Arrebatada e afligida por seus algozes,

Transpirei lágrimas...

Desfolhei,
Decompus-me...

E volto agora poema...


Marluce Freire Nascasbez

.

Foto de Zuleva em Veredas, por Marluce

.http://br.olhares.com/Zulev

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

NAS TERRAS DA GENTE
Silvério Pessoa


Atravessei a ponte da Boa Vista
Lembrando das histórias do Holandês
Sentindo o cheiro doce da maré seca
Cantarolando sons do dia de Reis

Em cada prédio traços de uma cultura
Interior das nossas recordações
Mamãe contava / meu Pai contava
Tinha mula sem cabeça, pé de manga, malassombro
Lá debaixo do coité
De madrugada
Grito de porco sangrando, copo de cachaça fresca
Pro caboclo festejar
Sarapatel, carrapateira, mandioca, jenipapo
Milho verde e coco de catolé

Sou de Pernambuco sou
Das brenhas do interior

Estou por aqui, estou pra ser cantador

Sou de Pernambuco sou
Dos cafundó do mundo sou

Estou por aqui estou
Sou trabalhador
.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

domingo, 23 de agosto de 2009

Meu coração é verde!

.
.

.
.



.

.



.

.
Meu coração sertanejo
É verde!
Nada nesse mundo,
Ou quase nada
Vai conseguir ressecá-lo,
Vai fazê-lo perder o viço,
Pois num coração sertanejo
Habita um guerreiro
Munido de esperança,
Mesmo depois do inverno,
Em pleno verão,
No qual o sertanejo
Sofre com o estio,
O coração é verde!
Nos tempos de maior sofreguidão,
O chão fica tomado de corações secos
Levados ao céu em redemoinhos
É o coração sertanjo
Jogado em prece
Aos pés de Jesus!

Meu coração é verde
Nas sementes ressequidas
Sob a terra
Mesmo em forma
De semente
Não perde a fôrma de coração!


Meu coração é verde!








Marluce Freire Nascasbez + Foto

.http://www.overmundo.com.br/_usuarios/usuario_novo.php?apelido=marluce-freire-nascasbez

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

A lua é tão bela, lá pertinho da capela...
































.
.

Lá onde o sinal da cruz,
Lá onde “os vivas” a Jesus,
São tão cheios de tanta fé...

Lá à noitinha
A lua visita a capela
Lá a lua entra e reza
Lá a lua flui divindade
Ao conter-se em oração...





A lua é tão bela,
Lá pertinho da capela!




Marluce Freire Nascasbez


.
.
Capela do Sítio Colônia / Carnaíba-PE
Em dias de Festa do Padroeiro Santo Antônio de Pádua
.
.
Foto: José Mário Júnior
.

domingo, 16 de agosto de 2009

No pífano!

.
.



















Comunidade Quilombola no Travessão do Caroá / Carnaíba-PE
Alunos da Escola de Música Maestro Israel Gomes (cidade)
"Apresentação" dos alunos da comunidade quilombola (extensão da Escola Maestro Israel Gomes/
Zona Rural)
.
.


Foto: Marluce Freire Nascasbez

sábado, 15 de agosto de 2009

Para os grandes amores...

.



essa a vida que eu que eu quero,
querida
encostar na minha
a tua ferida



Paulo Leminski
.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

( Mimetismo!? )

.




Entre as folhas secas,
O lagarto
Veste-se de cinza...




Marluce Freire Nascasbez

.

Já recebeu flores hoje?









-
.
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Raio de Luz / Fotolog
Já recebeu flores hoje? Helena em Veredas, por Marluce
11/08/09

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Aragem

.
















.
A janela
E o coração,
Melhor mantê-los abertos...
.
Marluce Freire Nascasbez
.
.
.
.
.
.
Foto+colagem( Janela para o morro) Sérgio da Silva (Franck) em Veredas, por Marluce
(Overmano)
.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Que o sono de uma criança seja apenas interrompido pela voz de uma mãe...

.


Foto: Elizangela Medeiros em Veredas, por Marluce
.


Rosa de Hiroshima
Ney Matogrosso
Composição: Vinícius de Moraes / Gerson Conrad





Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada


.

Que o sono de uma criança seja apenas interrompido pela voz de uma mãe...
Marluce Freire Nascasbez
.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A gente só conhece bem as coisas que cativou... Exupéry





(...)

"Mas se tu me cativas, teremos
necessidade um do outro. Serás
para mim, único no mundo. E eu
serei para ti, única no mundo.


(...)
.

Antoine de Saint Exupéry


Foto: Elizangela Medeiros em Veredas, por Marluce

.

domingo, 9 de agosto de 2009

Banda de Pífano Santo Antônio Carnaíba-PE / Sertão do Pajeú



Das cores do azul...

No meu sertão é assim,
Para ouvir o pifeiro tocar,
Até o azul cai do ceú...

Veste a camisa do pífano,
E se é para ficar mais perto do músico,
Até a serra,
Veste-se também de azul,
Nem se preocupa,
Nem liga
Se ficou tudo azul!

( "Par de jarro" )!


E o verde?
Secou...
No sertão falta uma banda!

E a banda de pífano,
Deixa o sertão quase inteiro...

A outra banda,
Quando chover, completo...


Marluce Freire Nascasbez


.

Foto: Elizangela Medeiros em Veredas, por Marluce



.

sábado, 8 de agosto de 2009

Se todos no mundo fossem iguais a você(s)

" Meus meninos" há 13 anos atrás...

Se Todos Fossem Iguais A Você
Tom Jobim / Vinicius de Moraes

Vai tua vida
Teu caminho é de paz e amor
A tua vida
É uma linda canção de amor
Abre os teus braços e canta
A última esperança
A esperança divina
De amar em paz
Se todos fossem
Iguais a você
Que maravilha viver
Uma canção pelo ar
Uma mulher a cantar
Uma cidade a cantar, a sorrir, a cantar, a pedir
A beleza de amar
Como o sol, como a flor, como a luz
Amar sem mentir, nem sofrer
Existiria a verdade
Verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você


.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Eu e a letra "I" Iolanda Dantas/ Viúva de Zé Dantas Compositor

.









A Letra “i”(Luiz Gonzaga/ Zé Dantas) Zé Dantas é natural de Carnaíba-PE
.
Vai cartinha fechada
Não deixa ninguém te abrir
Aquela casa caiada
Onde mora a letra i

(...)
.
Iolanda Dantas em Veredas, por Marluce / Noite de autográfo do livro Baião de Dois/ Zé Dantas e Luiz Gonzaga em noite de festa em Carnaíba / Festa do Poeta ZéDantas
.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Lá vai passando a procissão...







Procissão
Composição: Gilberto Gil

Olha lá
Vai passando
A procissão
Se arrastando
Que nem cobra
Pelo chão
As pessoas
Que nela vão passando
Acreditam nas coisas
Lá do céu
As mulheres cantando
Tiram versos
Os homens escutando
Tiram o chapéu
(...)



Foi ontem...
04/08/09
São João Batista Maria Vianney

.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Por um fio!

.


Quem não fica
Por um fio,
Apreciando um céu desse
Hein passarinho?

Xô lágrima!
Deixe-me ver esse infinitoazul,
Pelos olhos do passarinho...



Marluce Freire Nascasbez




.
Foto: Marlene em Veredas, por Marluce [by elcio w]Suiriri


http://www.flickr.com/photos/marlene1999/

A fita

.


Rita punha ao cabelo
Uma fita vermelho-sangue
Enrubescia seus cabelos pretos
Afogueando sua aura,
Denunciando sua alma
De um mesmo tom!
Como era sedutora a Rita,
Talvez expunha
Na cor da fita
Que unia seus cabelos,
A cor de si!
E a fita que prendia
Os cabelos de Rita
Presa em minhas mãos...
Um vermelho-sangue
Desfalecido, amarelado, como tudo que vence os anos
E resiste!
Como tudo que teima em ter vida
Depois de tudo vivido
E ainda prende-se
Agarra-se em uma fita
E faz-me lembrar Rita
A fita em laço desfeito
Que desfiz dos cabelos de Rita
Fita-me
A mesma fita
Fita meus olhos, fita
Fita e verás onde está presa a fita de Rita
Que me fita
Com os mesmos olhos de Rita
Que têm marcas das mesmas marcas
Cravadas na fita...



Marluce Freire Nascasbez

domingo, 2 de agosto de 2009

Aquecendo-nos...

.


Sinto frio,
E aqueço-me
Em uma folha de papel!
Branca, pálida,
...perdeu a clorofila...
E me abraça com seus braços gélidos,
Também com frio...




Marluce Freire Nascasbez




.

sábado, 1 de agosto de 2009

Quando se é jardim...


.
Quando se é jardim



Uma (única) flor,
Faz a primavera...


.


Marluce Freire Nascasbez



.
Foto: Graça Vargas's em Veredas, por Marluce
http://www.flickr.com/photos/grace_flowers/