Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



terça-feira, 8 de junho de 2010

Outono

.
.



Escrevi um poema
Na folha que caiu da árvore no outono
Mas não o li!
O vento soprou-o,
Sacudiu o pó,
Levou o poema
Que havia nele!
(E o que vivi no outono...)


E o pó o vento sobrou no meu olho
E fez-me chorar,
Querendo ficar com o outono dentro dele,
Pois ele saiba que eu queria esquecer o poema
E enterrar a folha para morrer o outono...


.

Marluce Freire Nascasbez
.

.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário