Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



sexta-feira, 13 de novembro de 2009

.
.
Paulo José Cunha em Veredas por Marluce



“Versos nunca viram pó,
Todo verso vira pólen.”



.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário