Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



domingo, 14 de novembro de 2010

.
.


Ele olha-me como se eu só tivesse olho,
                                                    E sinto-me como se eu só tivesse alma...


                                                 
                                                              Marluce Freire Nascasbez
.
.

9 comentários:

  1. Os olhares desvendando as almas ou vice-versa?
    Um bom feriado!
    Bjs*

    ResponderExcluir
  2. e eu amo comos e fosse so um coracao

    ResponderExcluir
  3. Quantas pessoas me olham assim, mas eu continuo sentindo como seu só tivesse alma...

    Que lindo, Marluce!


    Um beijo, minha querida!

    ResponderExcluir
  4. Lindo, profundo e cheio de significado. Adorei!
    Um abraço ;)

    ResponderExcluir
  5. .

    Marluce, querida!

    Quando nos sentimos só alma é quando somos só amor.

    Agradeço seu carinho. Saudades também.
    Saudades dos retalhos?

    "Te mando retalhos de amor"

    Beijo grande

    .
    .

    ResponderExcluir
  6. Porque sentir é olhar além...
    bonita reflexão!

    abç

    Betha

    ResponderExcluir
  7. Concordo com a minha querida Sil. E eu continuo me olhando como se fosse apenas alma.

    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  8. Oi Marluce!

    Não podia deixar de comentar essa postagem maravilhosa! E tbm dizer que blog tá lindo!

    Amiga... só uma pessoa nessa minha vida me olhou assim... me despindo a mente e o coração... me deixando em "alma" pura! Jamais o esquecerei! E para ele eu fiz a última postagem... com muita saudade!

    Beijo Querida Amiga
    Com carinho
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir