Quando escrevo sinto a vida asfixiando a morte!



Marluce Freire Nascasbez


Charme? Caráter? Fosse o que fosse, ela tinha isso.


Virginia Woolf



domingo, 15 de maio de 2011

Móbile

.

.
.

.



Escrever é por onde eu saio de mim
É por onde me dou fugas!

 Parto,
 Volto,

Desvio-me,

Liberto-me,

Retiro,
Ponho,

Largo,
Agarro,

Faço,
Desfaço,

Atrevo-me,

Esqueço,
Lembro,

Perco,
Acho,



Desafio,

Tropeço,
Levanto,

Apareço,
Desapareço...



É por onde transito invisivelmente
Prá lá e prá cá

Ninguém percebe ninguém sabe
O que levo de mim prá onde vou
O que trago comigo de onde venho

Demudando minha alma
Que dá asas ao papel, pensado dar asas a si,
 Nem sabe, nem percebe que és tu (poeta) a asa do papel!


Marluce Freire Nascasbez
.

15 comentários:

  1. a liberdade de por em palavras os sentimentos...

    ResponderExcluir
  2. Ahh...
    Escrever me leva a um mundo que é todo transcrito por mim, onde tudo pode acontecer...
    Posso ficar feliz e triste com o que encontrar,mas tenho que explorar,e descobrir!
    Marlucee,amei seu Post!
    Descreveste a escrita assim de forma única...
    Um beijo pra ti*

    ResponderExcluir
  3. Com asas ou sem asas, vivo num constante voo...

    Belíssimo o que escreveste!!!

    Lindo o teu blog! Já estou seguindo! Visite-me:
    http://nellsantos.blogspot.com/

    Bjs, e excelente semana pra ti!

    ResponderExcluir
  4. Marluce
    Penso, pois não sei, mas escrever deve dar um sentido incrível de liberdade, de desapego, de desprendimento, de voar alto, de sonhar...
    Parabéns, poeta linda, você cria coisas maravilhosas. O blog está lindo,suave, tudo de bom!
    Que você tenha uma semana ensolarada e cheia de alegrias!Bjkas com muito carinho!

    ResponderExcluir
  5. Marluce, minha querida!

    Escrever é se libertar.
    É ir, sem sair do lugar.
    É a cura sem o remédio, pois a própria escrita é uma cura.

    E mais que escrever, é a gente LER quem escreve.

    Suas palavras me salvam!
    Eu precisava te dizer isso.
    O quanto admiro cada palavra sua.

    Um abraço, de quem te tem um imenso bem querer!

    ResponderExcluir
  6. Marluce,

    Se existe algo que eu queria pedir a Deus, era poder abraçar um dia, pessoas que me trouxeram alegrias na vida, cores, palavras, sabores, LUZ.
    Eu qdo fiz meu blog, por pura terapia, sem intenção de nada, apenas me libertar de uma dor, através das palavras dessas pessoas que sempre cito por lá nos posts, jamais pensei, que além de terapia, esse blog tbm seria a minha cura, e o MELHOR:

    Que me traria pessoas especiais na vida, pessoas que eu sinto tão perto, tão perto, e que mudariam as cores cinzas da minha vida, trazendo um arco-iris.
    O de cores mais lindas que alguem já viu.

    - Você é uma dessas pessoas, e que digo: -

    - VOU QUERER SEMPRE, MAS SEMPRE PERTO DE MIM -

    Obrigada por existir.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  7. MArluce amiga suas letras sao belisimas vc temo don de plasmar de bela manera o sentimento do poeta em belas letras e o sentir dele en hermosas prosas.... bela entrada amiga

    saludos
    otima semana
    abracos

    ResponderExcluir
  8. Minha linda poetisa!

    Que belo, sublime poema... Vc descreveu com perfeição o que vai na alma no momento da criação. Sinto-me assim, às vezes, quando pinto. Mas jamais traduziria em palavras tão belas!

    Adorei o novo visual do blog, tão belo quanto a tua escrita.

    Bjos amiga, tenha uma semana de muita paz.

    ResponderExcluir
  9. Marluce,
    Passei só pra te desejar uma linda noite e uma semana excelente!Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Gostei extremamente quando você diz que escrever é se libertar. Pois é sim, é se desamarrar de um mundo mortal e subir até as nuvens se enveredando por um caminho que não se sabe onde quer chegar. Escrevar é isso e é aquilo, nunca é errado, porque todo mundo é diferente dentro de si e a dialética só tende a evoluir. O segredo é uma pitada disso e daquilo. Adoro seu blog, expressei o que senti. Com carinho,

    Dan

    ResponderExcluir
  11. OLÁ QUERIDA!
    LINDAS IMAGENS,LINDO POST!
    SINTO A MESMA COISA, ESCREVER ME TRÁS UMA PAZ DE ESPÍRITO INDESCRITÍVEL...
    UM ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  12. Por razões semelhantes escrevo... Não brinco de rabiscar letras... o que me sai é realmente o que sou...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Volta já mesmo, não demora!
    Bjos e bom fim de semana ;)

    ResponderExcluir
  14. Para responder no post VOLTO JÁ:

    Marluce: VOLTA LOGO???

    Ficar sem sua amizade, poesia é muito ruim.

    Espero que esteja tudo bem ai, qquer coisa, no que precisar de mim, minhas mãos estão estendidas!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Belo retrato o teu!

    Tu és linda assim, feito o poema? Acredito que sim, por isso escreves.

    Beijos,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir